domingo, 29 de janeiro de 2017

[Pegadas & Divulgações] Novidades Planeta - Fevereiro

Um romance de estreia mundial: direitos vendidos em 18 países antes de ser publicado em Espanha, o país natal do autor.

Sobre o livro: Barcelona 1888: várias raparigas aparecem mortas… nada é o que parece e ninguém está a salvo do passado. Segredos, traições e paixões proibidas na Barcelona fascinante do fim do século XIX. 
A poucos dias de se inaugurar a primeira Exposição Universal do país, aparecem os corpos horrivelmente mutilados de várias raparigas. As feridas lembram uma antiga maldição da cidade há muito esquecida.
Daniel Amat, jovem professor residente em Oxford, recebe a notícia que o pai morreu em estranhas circunstâncias, o que o obriga a voltar a Barcelona após anos de ausência. A partir desse momento, ver-se-á arrastado na perseguição de um assassino desapiedado enquanto enfrenta as consequências do passado. Bernat Fleixa, jornalista do Correo de Barcelona, cujo único interesse é conseguir uma notícia que o torne famoso, e Pau Gilbert, um enigmático estudante de medicina, juntam-se a Amat na busca de um antigo manuscrito anatómico que pode mudar a história do conhecimento e que também é o principal objectivo do misterioso assassino.  

Sobre o autor: Jordi Llobregat, nasceu em Valência, em 1971, e é um apaixonado da história e da evolução das cidades. Há vários anos mantém um vínculo especial com Barcelona, cidade da sua família materna. Actualmente concilia a escrita com o trabalho à frente de uma empresa dedicada à realização de projectos de competitividade territorial e desenvolvimento local. É co-criador do festival de romance Valência Negra. Participou em várias antologias e pertence ao grupo literário El Cuaderno Rojo. O Segredo de Vesálio é o seu primeiro romance.
-------------------------------------------------------------
Um livro imprescindível para recuperar a essência da infância e repensar aquilo que a natureza da criança reclama: o respeito pelos seus ritmos, a sua inocência e o seu sentido de mistério.  

Sobre o livro: O ambiente cada vez mais frenético e exigente em que está a afastar as crianças do essencial. 
Em nome de um sucesso futuro achamos necessário sobrecarregá-las com um sem fim de actividades que estão a privá-las do lazer, da brincadeira livre, da natureza, do silêncio. 
Em nome da tranquilidade deixamo-las entregues a imagens, sons e tecnologia avassaladores que anulam sentidos, perguntas e um sentimento fundamental: a curiosidade, que as conduz à maravilhosa aprendizagem de tudo o que há para descobrir pela primeira vez.

Sobre a autora: Catherine L’Ecuyer é canadiana radicada em Barcelona e mãe de quatro filhos. Tem um MBA da IESE Business School e um Mestrado Europeu em Investigação. É consultora, investiga, escreve e dá conferências sobre temas educativos. Actualmente colabora com o grupo de investigação Mente Cérebro da Universidade de Navarra. Em 2014 a revista Frontiers in Human Neuroscience publicou o artigo «The Wonder Approach to Learning», que reconhece o tema deste livro (editado em 15 países) como uma nova hipótese/teoria da aprendizagem. É também autora do livro, Educar en la Realidad, sobre o uso da tecnologia na infância e na adolescência.
-------------------------------------------------------------
Sobre o livro: Este é um livro que não é uma entrevista, mas sim uma série de conversas sem guião, que vão tecendo o pensamento de António Lobo Antunes ao fio da cumplicidade criada com o jornalista e subdirector do Jornal de Negócios, Celso Filipe.
Uma visão intimista de um de um dos maiores escritores da actualidade que ajuda a conhecer o homem que é escritor, a perceber o que o satisfaz e o atormenta, a descobrir as suas influências e embirrações, os amigos, as recordações, o método de escrita.
António Lobo Antunes é hoje o escritor português vivo com maior dimensão nacional e internacional no campo da Literatura. O livro inclui uma lista actualizada das obras e dos prémios literários do autor Um livro que nenhum leitor e admirador de António Lobo Antunes dispensará na sua estante.  
 
Sobre o autor: Celso Filipe nasceu em Setembro de 1964. Considera-se afortunado porque tem duas terras que o preenchem: Lisboa, de onde é natural, e Grândola, onde a sua vida começou a fazer sentido. Empenha-se, embora de forma inconsequente, em seguir o lema de Agostinho da Silva: «não faço planos para a vida, para não atrapalhar os planos que a vida tem para mim». Frequentou o curso de Comunicação Social da Universidade Nova de Lisboa. É jornalista desde 1986 e exerce actualmente o cargo de subdirector do Jornal de Negócios. Na Planeta publicou já, em 2013, O Poder Angolano em Portugal – Presença e influência do capital de um país emergente e Escrevam a dizer quem foi ao meu funeral (novela policial), em 2015.  

Nas livrarias a partir de 1 de Fevereiro

[Pegadas & Divulgações] Novidades Grupo Leya

Sobre o livro: 
Chega esta semana às livrarias, o tão aguardado décimo quarto livro da coleção «Irmandade da Adaga Negra» que traz de volta à acção Rhage e Mary.
Nada é igual para a Irmandade da Adaga Negra. Depois de ter sido evitada a guerra com os Sombras, algumas alianças sofreram alterações e criaram-se limites. Os assassinos da Sociedade dos Minguantes estão mais fortes do que nunca, aproveitando-se das fraquezas humanas para conseguir mais dinheiro, armas e poder. Contudo, enquanto a Irmandade se prepara para um ataque em grande escala, um dos seus elementos trava uma batalha pessoal...
Para Rhage – o Irmão de grandes apetites mas também dono de um coração imenso –, a vida devia ser perfeita ou, pelo menos, perfeitamente agradável. Tem a seu lado Mary, a sua adorada shellan,
e o Rei e os seus irmãos prosperam. Mas Rhage não consegue entender, nem controlar, o pânico e a insegurança que o assolam...
E isso deixa-o aterrorizado ‒ ao mesmo tempo que o afasta da sua companheira. Depois de ter sofrido uma lesão quase mortal em combate, Rhage vê-se obrigado a reavaliar as suas prioridades ‒ e a possível solução faz o seu mundo estremecer... assim como o de Mary. Esta, por seu lado, encontra-se numa viagem muito pessoal ‒ algo que poderá aproximá-los ou levá-los a uma separação da qual nunca irão recuperar...

Sobre a autora: J. R. Ward é autora de mais de vinte romances, entre eles encontram-se os volumes que compõem a saga bestseller a Irmandade da Adaga Negra. É também autora da série Black Dagger Legacy e do romance  J. R. Ward vive com a família e o seu golden retriever no Sul dos Estados Unidos.
Este é o décimo quarto volume da saga «Irmandade da Adaga Negra», a continuação de: Os Sombras, Na Sombra da Noite, Na Sombra do Dragão, Na Sombra do Pecado, Na Sombra do Desejo, Na Sombra do Sonho, Na Sombra do Amor,Na Sombra da Vingança, Na Sombra do Destino, Na Sombra do Perigo, Na Sombra da Vida, Na Sombra da Paixão, O Rei e Os Sombras.
---------------------------------------------------------
---------------------
Sobre o livro: Sophie Kincaid está a passar por um momento difícil. Foi abandonada pelo noivo e a sua carreira de escultora está num impasse. Felizmente, a sua amiga Kim parece ter a solução: basta que Sophie se mude para Edilean. Kim acredita que a pequena povoação é o Paraíso na Terra. Mas a experiência de Sophie vai assemelhar-se mais a uma descida ao Inferno. Para começar, o seu carro avaria, e quase é atropelada por um condutor em excesso de velocidade. Sophie resolve então levar a cabo uma pequena e criativa «vingança» contra o motorista, que é nada menos do que… o seu novo empregador. E o Dr. Reede Aldredge bem merece ser castigado. Quanto mais não seja pelo seu temperamento amargo e modos rudes, conhecidos de toda a vila. Mas apenas ele sabe os motivos que o levam a agir assim. A fogosa Sophie, porém, fá-lo rir… algo que não acontecia há muito tempo. A química entre eles é palpável. A tensão também. Afinal, ambos têm segredos a esconder.
Quando, sob o luar de Edilean, partilham um momento de pura magia, algo parece mudar… Porém, até os habitantes da vila já perceberam que nada é simples para aqueles dois. Conseguirá a magia sobreviver à luz implacável da manhã, ou transformar-se-á em apenas mais uma memória embaraçosa?Sobre a autora: Jude Deveraux nasceu em 1947 em Fairdale, Kentucky. Licenciou-se em Arte na Universidade de Murray. Foi professora antes de se dedicar exclusivamente à escrita. É autora de uma vasta obra de grande sucesso, com 43 títulos que marcaram presença na lista dos livros mais vendidos do New York Times. Os seus livros, bestsellers em vários países, já venderam mais de 60 milhões de exemplares em todo o mundo, tendo sido traduzidos para 18 línguas. A escritora vive atualmente na Carolina do Norte.

[Pegadas & Divulgações] 'Construtores do Império' de João Paulo Costa e Vítor Luís Gaspar Rodrigues

Sobre o livro: O Império Português foi construído por todo o Reino: reis, nobres, membros do clero e do povo, pelos que partiam e pelos que ficavam. Um esforço conjunto que permitiu a Portugal mostrar novos Mundos ao Mundo. Mas quem foram as figuras que encabeçaram esta construção? Algumas são bem conhecidas, como o Infante D. Henrique, Afonso de Albuquerque ou D. João de Castro, mas outras ficaram na sombra. Construtores do Império apresenta-nos 12 biografias de personalidades que se revelaram essenciais para a construção do Império Português: D. Fernando, o Infante Santo, pelo seu cativeiro e consequente morte, foi o garante da conservação de Ceuta, peça imprescindível para o poder português no Norte de África; D. Beatriz, a única mulher retratada nesta obra, foi responsável pelo crescimento económico da Madeira, pela reorganização do povoamento dos Açores e pelo desenvolvimento de Cabo Verde; Jos Dutra, capitão do donatário dos Açores, representa este grupo e a sua importância na consolidação do Império; Pedro e Jorge Reinelfazem parte da primeira geração de cartógrafos portugueses, o seu talento e conhecimento permitiram visualizar os novos territórios conquistados. Duarte Coelho começou a sua carreira na Ásia, tendo acabado como colonizador do Brasil, um reflexo do deslizar do centro de interesses do Império Português do Oriente para o Atlântico Sul.
Estas são apenas algumas das figuras que os historiadores João Paulo Oliveira e Costa e Vítor Luís Gaspar Rodrigues nos apresentam nesta obra que realça a dimensão da ação individual na História.

Sobre os autores: João Paulo Oliveira e Costa nasceu em Lisboa a 1 de abril de 1962. É doutor em História e professor catedrático da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É diretor do Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar (CHAM) e titular da Cátedra UNESCO “O Património dos Oceanos”. Para lá da coordenação de projetos de investigação e de orientação de dissertações de mestrado e de doutoramento, é autor de diversas obras, nomeadamente D. Manuel I, Um Príncipe do Renascimento (Temas & Debates, 2007), Henrique, O Infante (A Esfera dos Livros, 2009) e Mare Nostrum (Temas & Debates, 2013) e coordenador e co-autor de História da Expansão e do Império Português (A Esfera dos Livros, 2014).
Vítor Luís Gaspar Rodrigues, Investigador Auxiliar com Agregação da Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, Centro de História, Alameda da Universidade, 1600-214, Lisboa, Portugal. Nasceu em Camabatela, Angola, em 1958. Licenciou-se em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa em 1981. É Doutor em História Moderna pela Universidade dos Açores e obteve a Agregação em História dos Descobrimentos e da Expansão Portuguesa, em 2007, na FCSH-UNL. Lecionou na Universidade dos Açores (1981-87) e na Universidade de Macau (1990-92) e na Universidade Nova de Lisboa (Curso de Mestrado em História da Expansão Portuguesa – 2005/2006). Foi Investigador do Instituto de Investigação Científica Tropical até 2015; Diretor do Centro de História do IICT (2009-2015); Presidente do Conselho Científico do IICT de 2011 a 2015. É autor de vários livros e artigos científicos na área de História da Expansão Portuguesa, em especial na sua vertente social e militar.

[Pegadas & Divulgações] 'Contos e desencontros' de Alexandra Pinto

Sobre o livro: Contos e desencontros, de Alexandra Pinto, é a mais recente novidade da Coolbooks e está já disponível (em formato físico e digital) na livraria virtual Wook, Bertrand.pt e Espaço Professor da Porto Editora. Contadas a partir de uma perspetiva não exclusivamente feminina, as quatro narrativas que compõem esta obra percorrem a difusa geografia do desejo e da experiência do amor. O conjunto é uma vibrante teia de linguagem íntima e reflexiva, que traça caminhos entre encontros e desencontros, o cruzamento de dois mundos que se possibilita numa troca de olhares e o atrito que faz florescer amantes, mas que condena o seu futuro. Esta é a segunda obra da autora publicada na Coolbooks, após a edição, em 2016, de O olhar é o ponto onde duas superfícies se encontram.

Sobre a autora: Alexandra Pinto nasceu em S. João da Madeira há 48 anos, mas foi a cidade de Braga, onde atualmente reside, que a acolheu desde os 4 anos. É licenciada em Educação pela Universidade do Minho e tem frequência de doutoramento em Filosofia da Educação, que acabou por não concluir. Profissionalmente, esteve sempre ligada a projetos sociais, lidando com problemáticas e contextos de vida mais fragilizados, que contribuíram para ampliar a sua visão da experiência humana.
A escrita é para a autora uma espécie de autognose, de ato íntimo e privado, expressão que foi amadurecendo. A experiência do conto resulta de um desafio para transpor o hábito dessa escrita mais fragmentada, em textos breves. Não prever nem antecipar, deixar que o texto se declare, é o ponto de partida da viagem que realiza quando se senta para escrever.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

[Pegadas & Divulgações] Novidades Marcador

Sobre o livro: Num país como todos os países, havia uma população como todas as populações. Até que, sem explicação, o tempo começa a andar ao contrário. As pessoas, ao invés de envelhecer, começam a rejuvenescer. E o que poderia parecer um sonho pode, afinal, ser um pesadelo com o qual é difícil lidar. ENVELHENESCER é uma viagem desconcertante até às entranhas mais profundas daquele que é o grande sonho de toda a Humanidade. Mas estará a Humanidade pronta para ele?

Sobre o autor: Pedro Chagas Freitas é um gajo que escreve cenas. É um dos autores mais lidos em Portugal e é bestseller também em países como Itália e Brasil. Inventou jogos de escrita e (des)orienta, de todas as formas que consegue, workshops de escrita criativa. Adora amar e olhar para o que não existe. Acredita que não é parar que é morrer; é ir andando.



Sobre o livro: Num momento tão conturbado como aquele em que vivemos, as pessoas sentem-se cada vez mais fechadas e aprisionadas nos seus padrões. A falta de tempo, de saúde, de amor e4 de dinheiro está cada vez mais a gerar desconforto nas suas vidas. É vital que nos encontremos rapidamente e que descubramos um propósito e um sentido maior para aquilo que fazemos. É vital que encontramos a felicidade. 
Abre é o livro de Mário Caetano, um coach de referência no plano nacional que, desde 2008, já inspirou a vida de mais de 30 mil pessoas e que, durante a sua carreira, teve o privilégio de ajudar muitas outras a tomar decisões sob grandes níveis de pressão, contribuindo para que ultrapassassem e superassem momentos verdadeiramente difíceis. Decisões que inspiraram e mudaram as suas vidas para sempre.
Este livro é acerca da mudança de perspectiva e do ganho de consciência. É acerca de poder. Do poder autêntico. Aquele poder que vem de dentro, baseado na verdade, sem capas e sem camadas.

Sobre o autor: Mário Caetano nasceu em 1973, em Lisboa, e é life coach certificado desde 2006 e practitioner em programação neurolinguística, hipnoterapia e terapia da linha do tempo, entre outras. Frequentou até ao 3.º ano o curso de Gestão de Banca e Seguros, tendo abdicado deste aos 21 anos, altura em que decidiu descobrir aquilo que verdadeiramente o apaixonava e o sentido maior para a sua vida. Desde 2008, momento em que se tornou coach e palestrante profissional, inspirou milhares de pessoas a desbloquear e a ultrapassar problemas incríveis e a tomar importantes decisões nos seus relacionamentos e nas suas carreiras que mudaram e transformaram as suas vidas para sempre. Ajudou-as a descobrir um propósito para aquilo que fazem e a encontrar um sentido maior para a sua existência


Sobre o livro: Este não é só um livro de aventuras; é também um jogo que irá revelar os conhecimentos DO pequeno leitor de matemática e gramática. Como? É simples! 
Ao longo das suas páginas cheias de aventuras, vai encontrar perguntas sobre matemática e gramática, cada uma delas com três hipóteses de resposta. 
Ao fazer as escolhas, o leitor vai aponta-las nas folhas de jogo que se encontram no final de cada aventura. 
Depois, só tem de consultar o Tablet XPTO e, em função do número de respostas certas, ele dir-te-á se és «Uma treta», «Mais ou menos», «Fixe» ou «Craque». O que importa é que aprende enquanto se diverte!

Sobre o autor: Nuno Caravela nasceu em Lisboa a 1 de agosto de 1968. Frequentou o I.A.D.E e o AR.CO. Centro de Arte e Comunicação e iniciou a carreira de autor e ilustrador em 1992. Em paralelo exerceu funções de criativo durante seis anos em agências de publicidade, foi durante sete anos autor e coordenador de edição do projeto «Escola Global - A Tradição na Sala de Aulas», destinado à recuperação de Contos Tradicionais Portugueses. Desde então tem desenvolvido inúmeros projetos na área da literatura infantil, em parceria com algumas das mais conceituadas editoras portuguesas.

Sobre o livro: Quando Hanna Bergstrom ouve um raspanete do irmão superprotector, por estar a negligenciar a sua vida social para se dedicar apenas aos estudos, decide aceitar o desafio implícito que ele lhe lança: sair, fazer novos amigos, namorar… E quem melhor para a transformar na mulher fatal, que todos os homens irão desejar, do que o melhor amigo do irmão, Will Sumner, investidor de risco, sedutor, bonito e playboy sem cura?
Will corre riscos na profissão, mas tem reservas quanto ao desafio de Hanna… Até que, numa noite louca, a sua inocente mas sedutora aluna o leva para a cama – e lhe ensina uma ou duas coisas sobre como estar como uma mulher que ele não conseguirá esquecer. Quando Hanna descobre o seu próprio poder de sedução, é a vez de Qill provar que é o único homem que ela precisa.
No terceiro livro da série Irresistível, um acordo entre um investidor de risco e uma grande apreciadora de livros transforma-se rapidamente numa versão pouco recomendável de My Fair Lady.  

Sobre as autoras: Christina Lauren é uma combinação dos nomes das duas parceiras/melhores amigas/almas gémeas desde há muito tempo Cristina Hobbs e Lauren Billings, autoras de bestsellers do New York Times e USA TODAY, como a série de livros Irresistível. Os seus livros estão traduzidos em 23 línguas. Desde sempre apaixonadas por romances, separadas pelo estado do Nevada, estas coautoras e melhores amigas falam uma com a outra várias vezes por dia, concordam que o verniz para as unhas Ruby Pumps é o melhor de todos e ficariam, se pudessem, o dia inteiro a olhar para o mar, no cais de San Clemente.

À Venda a partir de 18 de Janeiro
-----------------------------------------------------------------------------
Sobre o livro: Ao acordar no dia 1 de Janeiro, Samuel, um professor de Linguística solitário, está convencido de que o ano que se inicia só lhe trará verbos no passivo e poucos momentos em itálico, até que um visitante inesperado se esgueira para dentro do seu apartamento e se recusa a sair.
Mishima, um gato vadio, torna-se o catalisador que faz Samuel abandonar a comodidade dos seus livros favoritos, dos seus filmes estrangeiros e da sua música clássica, para ir a lugares onde nunca esteve — como a casa do vizinho — e conhecer pessoas que jamais pensaria conhecer — um velho com o qual nunca trocaria uma palavra.
Mas há mais: o gato fará com que ele reencontre Gabriela, uma misteriosa mulher do seu passado, que ele já não tinha esperança de voltar a ver.
Uma história inteligente, divertida e doce que nos comove e revela que os pequenos detalhes são o grande segredo da felicidade. Amor em Minúsculas é uma pequena preciosidade e está a causar furor internacional.

Sobre o autor: Francesc Miralles é escritor, mas trabalhou durante vários anos como editor e assessor literário sobre obras de autoajuda e espiritualidade. O seu romance Amor em Minúsculas está traduzido em mais de 20 idiomas. Vendeu 15 000 exemplares nos Estados Unidos, num só dia, figura nas listas dos livros mais vendidos na Alemanha e o seu êxito internacional continua...

À Venda a partir de 05 de Fevereiro
-----------------------------------------------------------------------------

Sobre o livro: Com este livro, vamos aprender a proteger-nos, a viver de uma forma mais primordial e a estabelecer ligações cientificamente validadas e extremamente intuitivas em todos os aspetos da nossa vida, emergindo com um renovado apreço pelos prazeres simples da vida e por essas dádivas preciosas que são o tempo, a saúde e o amor. As ligações/conexões encontram-se organizadas em categorias:
CORPO redescubra o prazer do toque; repense o seu calçado e livre-se de dores de pés e de costas; aprenda uma postura e uma mecânica de movimentos corretas, talvez pela primeira vez! NATUREZA alivie a tensão biomecânica ao mergulhar num ambiente agradável e natural – seja onde for, mesmo que esteja preso na cidade. 
RITMO DIÁRIO dê prioridade ao sono e às diversões saudáveis, às pausas solitárias, e limite o uso da tecnologia para se manter concentrado, criativo e produtivo. 
RELAÇÕES resista à atração da gratificação imediata e reduza o seu círculo em favor dos amigos que tem na vida real, não no Facebook ou noutras redes sociais. Crie uma tribo que o apoie e estimule. 
DIVERSÃO redescubra o desejo inato de doses diárias de diversão física e espontânea! Perceba finalmente o verdadeiro significado do prazer e do lazer. 
DIÁLOGO INTERIOR rejeite o autoquestionamento e adquira o domínio dos seus pensamentos e ações ao seguir os Dez Hábitos dos Caçadores-recoletores Extremamente Bem-sucedidos.

Sobre o autor: Mark Sisson, a principal voz do Movimento da Saúde Evolucionária e autor do bestseller Energia Paleo, leva o tema Primal mais além da dieta e do exercício neste segundo livro. Energia Genética apresenta um plano abrangente para reprogramar os genes e superar a mentalidade deficiente e o ritmo frenético de uma vida moderna, para que consigamos ser mais felizes, despreocupados e viver em paz com o presente. A luz artificial e o estímulo digital sobrecarregam, dia e noite, o nosso sistema nervoso. Engarrafamentos, filas de espera, interrupções, distrações e egos inchados invadem de tal maneira a nossa vida diária que nem sequer nos apercebemos da paz que perdemos.

À Venda a partir de 02 de Fevereiro



quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

[Pegadas & Divulgações] 'A Linguagem Mágica dos Bebés' de Joana Rombert

Sobre o livro: Será que chora porque tem sono ou porque tem fome? Está a contorcer-se porque tem frio ou cólicas? O nascimento de um bebé é um acontecimento único na vida dos pais, mas que muitas vezes traz também inúmeras dúvidas. Compreender o comportamento do seu filho, ouvir a sua voz e conseguir interpretá-la vai ajudá-lo a decifrar a sua linguagem, a perceber os recados que lhe quer transmitir e a descobrir as suas reais intenções. Depois pode começar a desfrutar da procura da sintonia e do prazer mútuo de comunicar, criar uma relação tranquila e especial e apaixonar-se ainda mais.
Até chegar ao ponto em que diz “Este é o meu bebé e eu sei do que ele precisa”. Comunicar com o seu filho não implica apenas falar com ele, a linguagem do amor passa também por tocar, embalar, sorrir para o seu bebé, entre tantos outros gestos plenos de ternura e carinho. E quando ele começar a balbuciar, a dizer as primeiras palavras e a produzir as primeiras frases, incentive-o, estimule-o e acredite que pode desde o primeiro momento conversar, porque para comunicar são sempre precisos mais do que um e você e o seu filho serão os interlocutores perfeitos.
A Linguagem Mágica dos Bebés, da especialista Joana Rombert, descreve as várias etapas comunicativas e linguísticas do desenvolvimento da criança, desde os 0 meses até aos 3 anos. Neste livro profusamente ilustrado, encontra ainda as estratégias e os jogos que o vão ajudar a estimular e desenvolver a comunicação com seu filho.

Sobre a autora: Joana Rombert é licenciada em Terapia da Fala pela Escola Superior de Saúde do Alcoitão em 2001. Pós-graduada em Terapia Miofuncional no ISEP Universidade de Vic Madrid, Espanha. Tem formação em Terapia Familiar e Intervenção Sistémica pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. Atualmente trabalha no Hospital de Santa Maria – Serviço de Pediatria - Unidade de Neurodesenvolvimento/Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais. Colabora com a Fundação Brazelton/Gomes-Pedro onde desenvolve actividades de formação e investigação na área das ciências do bebé e da família. Tem formação em metodologia Touchpoints. Internacionalmente tem fiabilidade na NBAS (Neonatal Behavioral Assessment Scale) e NOMAS (Neonatal Oral Assessment Scale) na Califórnia, EUA. É instrutora certificada de Dustan Baby Language pelo DBL em Sidney, Austrália e formadora certificada "It Takes Two To Talk - The Hanen Program" for Parents em Barcelona, Espanha. É autora do livro O Gato Comeu-te a Língua? editado pela Esfera dos Livros e co-autora da colectânea Ouvir, Dizer e Escrever e Método DOLF: Desenvolvimento Oral Linguístico e Fonológico editado pela Papa-Letras.


sábado, 21 de janeiro de 2017

[Pegadas & Divulgações] 'A Lua-de-Mel' de Sophie Kinsella

Sobre o livro: Jovens! Com a sua pressa, as suas preocupações e a vontade de desejar todas as respostas, agora… LOTTIE tinha a certeza de que RICHARD, o seu namorado de longa data, ia pedi-la em casamento. Mas estava enganada. Farta de esperar, decide terminar a relação. O inesperado acontece quando Lottie, ainda a recuperar da desilusão, recebe um telefonema. Do outro lado da linha está BEN, um ex-namorado com quem fizera um pacto insólito no passado. Se, aos 30 anos (ou aos 33…), nenhum deles estivesse casado, casar-se-iam um com o outro. Para Lottie a mensagem é clara: o Destino está a uni-los!
Já FLISS, a irmã de Lottie, não tem tanta certeza disso. Ela sabe que, por detrás deste aparente ato arrebatado de paixão, Lottie tem o coração partido. Mas casar com alguém que não vê há 15 anos ultrapassa todos os limites. O problema é que o mal já está feito… A solução? Seguir o casal até à ilha grega de Ikonos e fazer os possíveis (e os impossíveis) para impedir a consumação da união. Fliss rapidamente percebe que contrariar o Destino não é tarefa para os fracos de espírito, algo que ela acredita não ser. Mas à medida que o seu plano avança, uma dúvida paira no ar: estará ela preparada para pagar o preço pela intromissão? 

Sobre a autora: Sophie Kinsella começou a escrever aos 24 anos mas foi com a série Louca Por Compras que a sua carreira se firmou internacionalmente. Tem romances publicados em quarenta países, com um total de vinte e cinco milhões de exemplares vendidos. As razões do seu êxito são variadas: escreve com ritmo e graça sobre assuntos que tocam leitores em todo o mundo, nunca é previsível e diverte-nos sempre. Além disso, as suas histórias são românticas, com protagonistas tão reais que cremos inteiramente neles, apesar dos seus momentos mais disparatados. Sophie Kinsella é assim. Vive em Londres com o marido e a família.


[Pegadas & Divulgações] 'Receitas Mês a Mês' de Luís Saraiva

Sobre o livro: Ele tem duas grandes paixões: o desporto e, acima de tudo, a gastronomia. Para além de ser treinador de râguebi, o seu maior hobby consiste em andar pelos mercados em busca dos ingredientes mais frescos e cozinhar pratos imaginativos para a família e para os amigos. Licenciado em Economia, Luís Saraiva fez também o curso de Gestão Agrícola, que o sensibilizou para a necessidade de sabermos mais sobre o que comemos  desde a origem e produção dos alimentos às suas propriedades, passando pelas alturas do ano em que os devemos consumir com maior regularidade. Receitas Mês a Mês, o seu primeiro livro, cruza esses seus conhecimentos técnicos com o gosto pela cozinha.
Dado que os produtos hortícolas e frutícolas têm um ciclo planeado, como podemos tirar o melhor partido dessa sazonalidade nas nossas refeições? Qual o peixe que devemos cozinhar em agosto sem prejudicar os ciclos de vida das espécies? Porque é que o borrego e o cabrito são mais consumidos entredezembro e abril? Por que razão os bivalves devem ser excluídos da nossa dieta nos meses sem letra «R»...? E já agoracomo transformar em 48 receitas deliciosas todo um calendário anual em perfeita harmonia com a Natureza e com tudo o que isso significa de mais frescura, mais sabor, mais autenticidade,mais equilíbrio?
Se os produtores planeiam a sua produção anual ajustando a oferta de determinado alimento em dada época do ano, nós, enquanto consumidores, só temos a ganhar se adaptarmos os nossos pratos e as nossas refeições àquilo que se produz e comercializa em cada estação e, no limite, em cada mêsReceitas Mês a Mês é o livro que o vai ajudar a acertar o passo na sua alimentação e na sua cozinha.

domingo, 15 de janeiro de 2017

[Pegadas & Divulgações] Novidades de Janeiro - Planeta

Sobre o livro: Camille Logan é uma famosa modelo, filha de uma família rica, que é alvo de ameaças anónimas. 
Jake Sharp é um ex-sniper do SAS, que trabalha como guarda-costas e que foi contratado pelo pai de Camille para a proteger. Toda a gente pensa que ele tirou as medidas a Camille: uma menina do papá mimada e bonita que usa a conta bancária do pai para financiar o estilo de vida que leva. Mas Camille é muito mais do que parece à primeira vista e está determinada a viver livre de amarras.
Quando descobre que a sua vida está a ser ameaçada em consequência da maneira implacável como o pai gere os negócios, não tem outro remédio senão preparar-se para as medidas que ele vai tomar para a proteger. Mas nada poderia prepará-la para o ex-sniper do SAS que entra de rompante na sua existência. 
Jake Sharp vive o seu inferno privado. Já uma vez se deixou distrair do seu dever e as consequências foram devastadoras, pelo que jurou nunca mais permitir que voltasse a acontecer. 
Ser o guarda-costas de Camille não é o género de distracção dos seus demónios que devia aceitar – as mulheres e Jake não combinam bem –, mas proteger a herdeira parece ser o menor de dois males. 
Jake não tarda a descobrir a verdadeira Camille. É uma jovem terna e compassiva, a sua presença apaziguadora, e o dever de protegê-la depressa vai mais longe e mais fundo do que um trabalho bem pago. Jake precisa de absolvição. Acaba por precisar de Camille. Mas sabe que não pode ter ambas.

Sobre a autora: Jodi Ellen Malpas nasceu em Northampton, onde vive com a família. Enquanto trabalhava na empresa de construção do pai foi cimentado a trama de a trilogia e criou a personagem de Jesse Ward. Em 2012 decidiu autopublicar O Amante, o primeiro livro, e a massiva resposta das leitoras motivou-a a terminar a trilogia. Catapultada para o número 1 do New York Times, a trilogia Este Homem converteu-se no fenómeno do ano coroando Jodi Ellen Malpas como a nova rainha do romance erótico. Mais de um milhão de leitoras apaixonaram-se por Jesse, por M e agora por Jake.

----------------------------------------------------------------
A melhor e mais completa biografia do novo presidente dos EUA, feita por uma equipa de vinte jornalistas, de um dos mais prestigiados jornais do mundo, o The Washington Post, que investigou todas as facetas da vida de Trump. 

Sobre o livro: Os antepassados escoceses e alemães, a infância, a adolescência, a vida na faculdade e o arranque profissional. 
A relação com o pai, com os filhos e com as mulheres – as suas e as dos outros. Os negócios – do imobiliário aos casinos, dos concursos de beleza à marca roupa, dos bifes ao reality show. A fórmula para o sucesso – e a fórmula para mascarar os muitos insucessos. 
O dinheiro que ganhou, o dinheiro que perdeu, a ruína financeira que provocou a muitas pessoas e empresas. A falência técnica, as tensíssimas negociações bancárias para a impedir e a mesada com que passou a ser obrigado a viver. A política, as sete mudanças de partido, a campanha e a vitória. 
Eis o resultado de uma incomparável e imparcial investigação jornalística, feita por mais de 20 repórteres do prestigiado jornal The Washington Post. Nenhum aspecto do percurso do novo presidente dos Estados Unidos ficou por escrutinar.

Sobre os autores: Michael Kranish é repórter de investigação na área de política do The Washington Post. É co-autor de John Kerry: The Boston Globe Biography e de The Real Romney, e autor de Flight from Monticello: Thomas Jefferson at War. Antes de trabalhar no The Washington Post era o sub-director da delegação do jornal The Boston Globe em Washington. Venceu o Society of Professional Journalists Award for Washington Correspondence in 2016. 
Marc Fisher é editor sénior no The Washington Post, onde já foi editor, colunista e director da delegação em Berlim, entre outros cargos que desempenhou ao longo dos seus mais de 30 anos no jornal. É autor de Something in the Air, uma história da rádio, e de After the Wall, o relato em forma de reportagem sobre a queda do muro de Berlim e a unificação da Alemanha. Venceu o Pulitzer Prize for National Reporting em 2016 e o Pulitzer Prize for Public Service em 2014.

----------------------------------------------------------------
 Em que tipo de mundo gostaria de viver? O acto de criar um mundo é um acto revolucionário!

Sobre o livro: A mesma criadora dos mega sucessos de venda Destrói este Diário, Isto Não é um Livro e Caos, pede agora aos leitores que querem mudar o mundo para darem asas à imaginação e deixarem fluir a energia criativa que existe dentro de cada um e que muitas vezes fica aprisionada pela correria do dia-a-dia. 
Cada página vem com uma proposta diferente e cabe ao leitor interpretar a melhor maneira de executá-la. Pode ser lido sem uma ordem predeterminada. Abra uma página ao acaso e deixe-se surpreender. 
O acto de criar um mundo é um acto de revolução. 
Imaginar algo diferente, algo melhor, ou algo mais interessante é levar o mundo existente a um estado de mudança. Alguns dos maiores actos revolucionários do nosso tempo aconteceram porque alguém teve a coragem de imaginar algo novo.
Se é verdade que a imaginação cria a nossa realidade, então podemos ver-nos como alquimistas, capazes de transformar a sociedade e a cultura em geral com as nossas palavras e ideias. 
Temos o poder de curar uma cultura doente com a «energia mágica» que provém da nossa imaginação. Pela mera documentação das nossas ideias, podemos iniciar o processo de mudança. Está na hora de começar. 
Lembre-se: Tem poderes imensos! 

Sobre a autora: Keri Smith é uma artista canadiana, que vive entre Nova Iorque e o seu país de origem.  O principal objecto de trabalho de Keri Smith, que tem dados aulas de educação conceptual em várias universidades é o conceito de Obra Aberta proposto por Umberto Eco: peças que são completadas pelo leitor/utilizador. Tem sido convidada para projectos de investigação e arte em Copenhaga e Londres (Olimpíadas Culturais de 2012). É consultora do Center For Artistic Activism. O seu app Pocket Scavenger venceu o prémio de melhor app de não-ficção para adultos 2014 dos Digital Book Awards. 


Novidades a partir de 18 de Janeiro nas livrarias

[Pegadas & Divulgações] 'Prática de Contabilidade Analítica e de Gestão' de Carlos Nabais e Francisco Nabais

Sobre a obra: A LIDEL apresenta o livro “Prática de Contabilidade Analítica e de Gestão” da autoria dos especialistas na área Carlos Nabais e Francisco Nabais.

Designada como a ciência que põe em prática as funções de orientação, controlo e registo financeiro, a Contabilidade Financeira representa, mais que um suporte de informação, um sistema natural que permite apurar os resultados de atividade externa de cada Entidade.

No entanto, com vista a permitir a cada empresa o conhecimento do registo de atividade interna, desenvolveu-se um ramo do sistema contabilístico designado por Contabilidade de Custos ou Contabilidade Analítica de Gestão.

Com o objetivo de proporcionar informação mais pormenorizada e orientada para o conhecimento da realidade económica e financeira de cada uma das atividades desenvolvidas internamente, este livro visa, de forma clara e prática, através dos mais de 100 exemplos presentes na obra, dar resposta à necessidade enfrentada por diversos gestores no que diz respeito à obtenção atempada de informações relevantes e oportunas, importantes para a tomada de decisões e aumento dos resultados.

Distribuído em nove capítulos e incluindo um glossário de termos correspondentes em Português Europeu e Português do Brasil, o novo livro da LIDEL, dirigido essencialmente a Pequenos e Médios Empresários mas também Contabilistas Certificados, Revisores Oficiais de Contas e Estudantes, pretende ser uma ferramenta útil no controlo de gestão, englobando no seu conteúdo exercícios práticos resolvidos que permitem complementar, ainda mais, a informação já existente sobre contabilidade financeira.

Principais conteúdos:
* A Contabilidade como Sistema de Informações;
* Conceitos Básicos da Contabilidade Analítica e de Gestão;
* Métodos de Custeio;
* Produção Conjunta e Defeituosa;
* Centros de Gastos;
* ABC (Activity Based Costing) – Custeio Baseado nas Atividades;
* Sistemas de Custeio;
* O Custeio Variável e a Gestão;
* Plano de Contas da Contabilidade Analítica e de Gestão.

Sobre os autores:
Carlos Nabais, Licenciado em Finanças pelo Instituto Superior de Economia de Lisboa. Exerce funções diretivas num Gabinete de Contabilidade e Formação. Contabilista Certificado. Leciona Contabilidade Geral, Contabilidade Analítica, Economia e Cálculo Financeiro. Coautor de diversos livros e artigos nas áreas de Contabilidade, Economia e Fiscalidade, nomeadamente Prática Financeira I e II, Prática Administrativa, Prática Fiscal I e II, Microeconomia e Macroeconomia e Prática Contabilística – SNC + NCM.

Francisco Nabais, Licenciado em gestão de Empresas pela Universidade Lusíada de Lisboa. Exerce funções diretivas num Gabinete de Contabilidade e Formação. Contabilista Certificado. Coautor dos livros Prática Financeira I e II, Prática Fiscal II e Prática Contabilística – SNC + NCM.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

[Pegadas & Divulgações] 'Porto D'Honra' de Manuel de Sousa

Sobre a obra: Um dos mais entusiastas divulgadores da história da cidade do Porto, Manuel de Sousa, traz-nos um extraordinário Porto D’ Honra, uma verdadeira visita guiada pelo passado através de muitos acontecimentos que constituem a identidade portuense.
Um livro feito de segredos e curiosidades que marcam a história da Invicta ao longo dos tempos, como o desastre da Ponte das Barcas, as invasões francesas, o legado deixado pelos judeus (não será por acaso que a cidade alberga a maior sinagoga da Península Ibérica), a história da mãe de todas as praças portuenses: a da Liberdade, ou o famoso cerco do Porto, que acabou por dar à cidade o título de «Invicta».
Muitos dos aspetos relatados são pouco conhecidos ou estão mesmo por descobrir, contribuindo para o carácter sedutor e fascinante do Porto: o atual Palácio da Bolsa, um dos ex-libris da cidade, foi construído sobre as ruínas do Convento de São Francisco, local onde o rei D. João I pernoitou antes de casar com D. Filipa de Lencastre; a Rua do Almada, paralela à Avenida dos Aliados, homenageia João de Almada e Melo que, juntamente com o seu filho, mudou para sempre a face do Porto e criou aquilo que hoje conhecemos como Baixa; ou o Piolho, o primeiro botequim portuense a ter eletricidade e a adquirir uma máquina de café La Cimbali que deu o nome ao cimbalino, etc.

Sobre o autor: Manuel de Sousa nasceu na freguesia de Miragaia, no Porto, em 1965. Licenciado em Ciências Históricas e mestre em Turismo, desenvolveu uma atividade profissional ligada à área empresarial, nomeadamente à Comunicação e ao Marketing, sem nunca ter abandonado o seu interesse pela história da cidade do Porto. Procurando aliar a divulgação da história local com as redes sociais, criou a página “Porto Desaparecido” no Facebook, cujo sucesso lhe valeu a atribuição da Medalha Municipal de Mérito pela Câmara Municipal do Porto, em 2013. Faz visitas guiadas pela cidade e colabora em diversos jornais e revistas em temas relacionados com a História e o Património.

[Pegadas & Divulgações] Novidades Grupo Lidel - Janeiro

Um livro que reforça a importância da leitura literária enquanto tarefa coletiva, identificando o compromisso de todos os intervenientes em especial dos professores, que são fulcrais na hora de cativar e incentivar os alunos

Sobre a obra:  A editora PACTOR já tem disponível o livro “Leitura e Educação Literária”, coordenado pelos professores Fernando Azevedo e Ângela Balça.

Capaz de proporcionar aos leitores uma viagem por vários mundos e cenários, a leitura é sem dúvida uma forma de enriquecimento quer cultural, quer pessoal. No entanto o Ensino da Literatura em Portugal tem mudado drasticamente, onde fomos passando de um quadro mais tradicional, com leituras obrigatórias no Ensino Básico e Secundário, como Os Lusíadas, Frei Luís de Sousa ou até mesmo Os Maias para um quadro mais corrente.

Prefaciado por Fernando Pinto do Amaral, Comissário do Plano Nacional de Leitura, e enriquecido com a participação de especialistas nacionais e estrangeiros nas áreas da Educação, Letras, Línguas, Ensino Básico, entre outras, este livro surge num contexto em que é necessário evidenciar e promover a importância do ensino da literatura propondo ideias e estratégias na linha do que é explicado pelo Programa e Metas Curriculares dos ensinos Básico e Secundário.

Destinado essencialmente a professores do Ensino Básico e Secundário em formação, e dividido em dez capítulos, sabiamente estruturados para permitir a máxima absorção de informação, a nova obra da PACTOR engloba no seu conteúdo tanto saberes e práticas como sugestões de textos literários e proposta de trabalho.

Com identificação em cada capítulo da bibliografia essencial à construção da obra, e destacando elementos de aprofundamento de informação sobre vários conceitos apresentados, “Leitura e Educação Literária” pretende ser mais que um simples livro, um instrumento de auxílio na prática profissional, capaz de fomentar com rigor e de forma integrada a Educação Literária.

Principais temas abordados no livro:
* Educação Literária e Formação de Leitores;
* Avaliação da Leitura;
* Literacia Familiar no Ensino Básico: Competências Literácitas e Representações dos alunos;
* Educação Literária e Mediadores;
* Narrativa Digital: Experimentar, Explorar e Reinventar a Narrativa na Geração WEB 2.0;
* Didática da Literatura a partir da Prática;
* A Leitura de Literatura e a Educação Literária nos novos Manuais de Português do 9º ano de Escolaridade;
* O Teatro Infantojuvenil na Escola e o Desenvolvimento das Competências Leitora e Literária: Propostas de Trabalho
* Educação Literária e Contadores de Histórias: Um Testemunho na Primeira Pessoa;
* Pensar a Cidadania Hoje através da Educação Literária.

------------------------------------------------------------------------
Um livro que pretende sensibilizar os profissionais do setor e simultaneamente auxiliar os alunos dos cursos superiores de Arquitetura e Engenharia, nas áreas de projeto, materiais e tecnologias.

Sobre a obra: A LIDEL acaba de disponibilizar no mercado o livro “Fachadas de Edifícios”, coordenado pelo reconhecido mestre em construção, Hipólito de Sousa.

A arquitetura, assim como a engenharia, tem permitido observar autênticas obras de arte ao ar livre. São já muitos os edifícios por todo o mundo que espelham uma evolução notória de construção, diretamente associada a um desenvolvimento tecnológico nunca antes imaginado.

Enriquecido com a participação do arquiteto Filipe Moreira da Silva e dos engenheiros Rui Sousa e Fernando Sousa, a nova obra da LIDEL espelha a experiência destes profissionais e a sua preocupação face à modernização das fachadas de cada edifício, identificadas pelos mesmos como “capas protetoras” da construção.

Dividido em sete capítulos, “Fachadas de Edifícios” engloba no seu conteúdo a evolução histórica da principal envolvente dos edifícios – as paredes – com especial enfâse para as principais problemáticas associadas à sua modernização, nomeadamente as fissurações e as humidades.

Incluindo aspetos essenciais da temática em particular as fachadas ventiladas, materiais de revestimento, sistemas de fixação e sistemas de caixilharia, a obra aborda ainda vários conjuntos de conhecimentos e requisitos que devem ser tidos em conta por profissionais do setor, aquando da idealização e consequente construção de um edifício, bem como aspetos de economia e produtividade.

Principais conteúdos:
* Evolução Histórica das Fachadas de Edifícios;
* As Fachadas na Atualidade;
* Os Principais Constituintes das Fachadas de Edifícios;
* Comportamento Mecânico e Térmico das Alvenarias;
* Fachadas Ventiladas;
* Sistemas de Caixilharia;
* Economia e Produtividade;
* Normalização de Produtos e Sistemas;
* Exercícios de Dimensionamento.


quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

[Pegadas em Viagem] São Miguel, um Paraíso no Atlântico Nordeste


De 9 a 13 de Junho pude descobrir um dos lugares mais bonitos que já vi em toda a minha vida.
Já havia visitado a ilha da Madeira há mais de dez anos e, não sei se foi pela idade que tinha, achei a ilha muito pouco deslumbrante e interessante. O que mais me marcou foi o Jardim Botânico da Madeira e pouco mais.
Desde há algum tempo que os Açores me tinham chamado à atenção e conheço algumas pessoas que já tinham estado nas duas ilhas, Madeira e Açores, e confirmaram-me que realmente as ilhas dos Açores são mais graciosas e bonitas. Decidi ir ver com os meus próprios olhos e lá fui em família!

Aterrámos na ilha de São Miguel já de noite e decidimos ficar a descansar pois sabíamos que nos dias seguintes muito tínhamos para descobrir! 
Começámos a primeira manhã a explorar o Mercado de Ponta Delgada. Deu para conhecer um pouco da vida local bem como conhecer os produtos locais. Bebi um sumo natural excelente, numa banca chamada 'Sabores' e aconselho vivamente juntamente com um dos produtos típicos açorianos, o bolo lêvedo (de preferência com queijo, nozes e mel, delicioso!). Outro dos produtos típicos e de uma qualidade elevadíssima é o queijo. Um dos espaços de mercado transbordava queijos! Confesso, eu sou louca por queijos e foi inevitável não comprar pelo menos 3 grandes.


Não há palavras para descrever o encanto desta ilha. Tudo é verde, tudo é natural. Desde os inúmeros miradouros às mais variadas lagoas de uma beleza estonteante... E, claro, as vacas a pastar não poderiam faltar! 
Vejam com os vossos próprios olhos.

A ilha de São Miguel, a maior ilha do arquipélago dos Açores, tem um clima temperado oceânico, o que significa que em Junho, data da minha viagem, o tempo estava fresco e húmido.
Graças ao site Spotazores, que tem câmeras espalhadas pela ilha em tempo real, fomos tendo acesso ao tempo dos vários pontos da ilha e fomos contornando o mau tempo.


Um dos principais locais da ilha são as Furnas. Quem nunca ouviu falar das famosas furnas de São Miguel? Confesso que não provei o cozido das furnas, mas adorei visitá-las!
As furnas são conhecidas pelas suas águas termais, a Poça da Dona Beija e piscinas térmicas. Também nas furnas situa-se o maravilhoso Parque Terra Nostra. 
Lindíssimo, harmonioso e excelente para descansar e relaxar.

Um dos pontos fortes da ilha são também os seus chás,
A mais antiga plantação de chá da Europa, a Gorreana, funciona desde 1883. Podemos visitar as instalações e provar, gratuitamente, os diversos chás produzidos.
Também o chá Porto Formoso é um dos mais conhecidos. São proporcionadas visitas guiadas a qualquer hora do dia, dentro do horário de funcionamento,e os clientes são convidados a provar o chá numa sala típica micaelense. Um serão muito agradável.
Gostei mais da visita ao chá Porto Formoso do que ao da Gorreana, pois o atendimento foi mais orientado para o cliente do que para as vendas.
Em ambos o preço do chá é aliciante e recomendo!

Da gastronomia da ilha só tenho a dizer coisas maravilhosas! Desde os doces, aos vinhos, aos queijos, aos enchidos, ao peixe fresco... São Miguel é de uma riqueza gastronómica incrível. Lapas da ilha, bife de atum, sopa de peixe foram três pratos que tive a oportunidade de provar. Avalio-as em mais de 5 estrelas!
Se querem ter uma refeição tranquila e saudável (com vista para o mar) aconselho o Bar Caloura, na Lagoa. As refeições são deliciosas, todos provamos vários tipos de peixe e o preço até é acessível.

Hoje em dia visitar os Açores já não é tão caro graças aos voos low-cost. Se gostam da natureza e se tiverem oportunidade para visitar São Miguel façam-no, não se vão arrepender. Vão ver paisagens lindíssimas, o povo é simpático, a gastronomia excelente... Conhecer São Miguel é apreciar a Natureza em todo o seu esplendor.








quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

[Pegadas & Divulgações] Novidades de Janeiro - Planeta

Sobre a obra: Um manual prático, com instruções e métodos simples, para entrar em contacto com os mensageiros de Deus e solicitar a intervenção divina para todos os aspectos da vida.
 A autora ensina a invocar os anjos e arcanjos através das cartas e qualquer pessoa pode comunicar com estes seres celestiais, sem necessidade de estudo ou formação específica.
Não é preciso ter sido abençoado com o dom da vidência, mas sim ser aplicado e persistente. Todos temos intuição e a interpretação das cartas é um óptimo exercício para a desenvolver.
Os anjos curam e harmonizam, estendendo o poderoso véu do amor de Deus sobre pessoas e situações. Com este livro, as orações que ele contém e o oráculo que o acompanha poderá comunicar com estes seres divinos e fascinantes, que existem para nos amparar e tornar a nossa vida mais fácil e agradável.
 É possível recorrer aos anjos em qualquer ocasião, com pedidos que podem ir da protecção à ajuda para resolver uma simples indecisão. Mas eles só podem interferir se o solicitarmos. Com as 49 cartas com anjos e arcanjos ilustradas à mão em exclusivo para este livro será extremamente fácil pedir a ajuda destes mensageiros de Deus.

Sobre a autora: Nasceu em 1980 no Funchal, ilha da Madeira. Licenciou-se em Sociologia pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho (ISCTE) em 2003, instituição onde mais tarde concluiu o mestrado em Educação e Sociedade. É docente do ensino secundário, desde 2005, conjugando a esta profissão o estudo e a prática de actividades esotéricas, como cartomancia, tarô, numerologia, leitura de aura, reiki, regressão a vidas passadas, yoga e sagrado feminino. Na área da angeologia concluiu com sucesso o curso Angel Therapy Practitioner (ATP)®, ministrado por Doreen Virtue. É sacerdotisa da Deusa e facilitadora da feminitude consciente© e sagrado feminino. A Magia do Oráculo dos Anjos é o seu segundo livro, depois de em 2015 ter publicado, também na Planeta, A Magia do Baralho Cigano, já em segunda edição.

-------------------------------------------------------------------
Compilado por Andrea Kirk Assaf
Sobre a obra: Um livro em pequeno formato com grandes e poderosos ensinamentos do papa Francisco. 
Amor e verdade, família, humildade, fé e oração, alegria, perdão e graça são alguns dos temas abordados pelo Pontífice que está a dar uma nova relevância à Igreja, suscitando a admiração de católicos e não católicos. 
Um livro com uma forte mensagem de optimismo e esperança – na religião, na humanidade, no futuro – que pode ser usado como inspiração para uma meditação espiritual diária ou como ferramenta de consolo em momentos de necessidade de ajuda espiritual. Contém calorosas afirmações do Papa e não obriga a uma leitura seguida e pode ler-se os textos que se quiser, pela ordem que se quiser.

«Aceitai este Evangelho e levai-o convosco para lerem com frequência, todos os dias. Trazei-o na carteira, no bolso, lede-o muitas vezes, uma passagem por dia. A Palavra de Deus é uma luz que guia o vosso caminho! Far-vos-á bem. Fazei como vos digo.» Papa Francisco falando à multidão, depois da oração do Angelus na Praça de São Pedro, no dia 22 de Março de 2015 

-------------------------------------------------------------------
Sobre a obra: CoderDojo é uma rede global de clubes de computação gratuitos para jovens, dos 7 aos 17 anos, dinamizado por voluntário, que os ensina a criar com código, a construírem um website, a criarem uma app ou um jogo e explorarem a tecnologia num ambiente informal, criativo e sociável. 
Neste manual, os mais novos vão aprender a construir os seus próprios e fantásticos sítios web – com HTML, CSS e JavaScript – e como iniciar o seu próprio CoderDojo Nano com os amigos.
O livro funcionará em conjunto com um site – www.nanonautas.pt –, que ajudará os leitores a criarem efectivamente o seu site, seguindo as instruções e ferramentas fornecidas. A revisão técnica, tal como a do site, é feita por um especialista e professor conceituado, que é simultaneamente Mentor de um dos dois Dojos de Lisboa – o Professor Manuel Menezes de Sequeira. 
O movimento Coder Dojo acredita que o conhecimento das linguagens de programação é cada vez mais importante no mundo actual, que é melhor e mais fácil aprender a dominar estas linguagens cedo e que a oportunidade de as poder dominar não deve ser negada a ninguém. 
Um livro e uma aprendizagem fundamentais para todos os jogadores de Minecraft e futuros assistentes às Web Summit.


A partir de 4 de Janeiro nas livrarias